.

Confusão: Reunião na Câmara de Santa Cruz é interrompida por bate-boca

Fotos: Bruno Muniz/Arquivo
A reunião plenária realizada na tarde desta terça-feira (31), na Câmara Municipal de Santa Cruz do Capibaribe foi interrompida com uma confusão bastante intensa.

Entendendo o caso

De acordo com pessoas que estavam presentes na Casa José Vieira de Araújo, em determinado momento, o suposto assessor do vereador Vânio Vieira (PSDB) teria ameaçado o vereador Luciano Bezerra (PR) com um pasta, que segundo ele continha documentos que comprovavam que Luciano estaria envolvido em uma polêmica reunião, onde na ocasião teriam sido tratadas as indicações de vereadores para casas do Loteamento Jaçanã.

Em tom de revolta, Luciano solicitou que os documentos fossem apreendidos para averiguação.

Neste momento a reunião ordinária estaria temporariamente parada, decisão do presidente Afrânio Marques (PDT), que solicitou a pausa até que os ânimos fossem acalmados.

Por fim foi descoberto que o que havia na pasta com o sr. José Carlos da Silva Júnior, era apenas uma procuração onde o vereador Vânio autorizava o próprio a receber quaisquer documentos do parlamentar.


Um fato curioso chama atenção, o suposto assessor, Carlos Júnior foi exonerado pelo vereador Vânio há alguns meses atrás, e não exerce até então a condição oficial de assessor do vereador, uma amiga pessoal de José Carlos assumiu o cargo de assessora, porém ela não costuma frequentar a Câmara, ao contrário de José Carlos, que sempre tem dado assistência ao vereador.

O vereador Luciano Bezerra solicitou que os documentos sejam levados até a Comissão de Ética da Câmara, com o objetivo de avalia-los e punir os responsáveis, no caso, o vereador Vânio Vieira.

Caso comprovado, José Carlos também intimado a dar esclarecimentos, já que o mesmo não continha em mãos os documentos que dizia ter para acusar o vereador situacionista, neste caso podendo ser interpretado como calúnia.

Redução da maioridade penal é aprovada na CCJ

Por 42 votos a favor e 17 contra, comissão considerou constitucional o projeto que reduz a maioridade de 18 para 16 anos. Texto segue para comissão especial.

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara aprovou nesta terça-feira 31 o voto em separado do deputado Marcos Rogério (PDT-RO), favorável à admissibilidade da PEC 171/93, que reduz a maioridade penal de 18 para 16 anos. Foram 42 votos a favor e 17 contra. O resultado gerou protesto de manifestantes presentes na reunião.

Antes, havia sido rejeitado o relatório do Luiz Couto (PT-PB), contrário à proposta de redução da maioridade penal. Couto argumentou que o projeto fere cláusula pétrea da Constituição, o que a tornaria inconstitucional.

No parecer vencedor, Marcos Rogério afirma que a redução da maioridade penal “tem como objetivo evitar que jovens cometam crimes na certeza da impunidade”. Ele defendeu que a idade para a imputação penal não é imutável. "Não entendo que o preceito a ser mudado seja uma cláusula pétrea, porque esse é um direito que muda na sociedade, dentro de certos limites, e que pode ser estudado pelos deputados", disse.

O deputado Alessandro Molon (PT-RJ), por sua vez, lamentou o resultado: “Estamos decidindo mandar para um sistema falido, com altíssimas taxas de reincidência, adolescentes que a sociedade quer supostamente recuperar. É um enorme contrassenso.”

PT, Psol, PPS, PSB e PCdoB votaram contra a proposta. Os partidos favoráveis à aprovação da admissibilidade foram PSDB, PSD, PR, DEM, PRB, PTC, PV, PTN, PMN, PRP, PSDC, PRTB. Já os que liberaram suas bancadas porque havia deputados contra e a favor foram os seguintes: PMDB, PP, PTB, PSC, SD, Pros, PHS, PDT, e PEN.

Tramitação

No exame da admissibilidade, a CCJ analisa apenas a constitucionalidade, a legalidade e a técnica legislativa da PEC. Agora, a Câmara criará uma comissão especial para examinar o conteúdo da proposta, juntamente com 46 emendasapresentadas nos últimos 22 anos, desde que a proposta original passou a tramitar na Casa.
A comissão especial terá o prazo de 40 sessões do Plenário para dar seu parecer. Depois, a PEC deverá ser votada pelo Plenário da Câmara em dois turnos. Para ser aprovada, precisa de pelo menos 308 votos (3/5 dos deputados) em cada uma das votações.

Pernambuco: Crescimento do desemprego no estado faz moradores de outras cidades recorrerem a Santa Cruz do Capibaribe

Foto: Profissional de corte e modelagem - Ilustração
Os três primeiros meses do ano não foram bons para os trabalhadores, isso é indiscutível. De acordo com o IBGE, o segundo mês registrou uma taxa de desocupação de até 7%. Tendo em vista que a crise de desemprego assola todo o estado, as cidades que não possuem uma melhor qualidade de renda sofrem mais com as baixas.

As altas taxas de desemprego no agreste estão levando um público bastante grande a recorrer a 'capital da moda', apesar de também sofrer com uma singela baixa no nível de empregos, Santa Cruz do Capibaribe ainda emprega em uma porcentagem considerável.

Apesar da oferta de emprego no município, é necessário alertar que esta demanda é relativa, já que o trabalho informal ainda é muito grande. Em tese, quem procura Santa Cruz nestes tempos de crise são justamente, em sua maioria, pessoas sem muitas especializações, na maioria dos casos buscam os fábricos para trabalhos de auxílios ou braçais.

Outro fator que que preocupa, é a questão da globalização de equipamentos usados na confecção de roupas, como por exemplo as novas máquinas de costura que já fazem o trabalho de acabamento das peças, descartando assim a necessidade de trabalho extra. Desta forma, o trabalho que antigamente necessitava de duas ou mais pessoas para produção do mesmo tipo de produto, passou hoje para necessitar de apenas uma. É claro que essa mudança no tipo de trabalho não sofrerá baixas imediatas, o maquinário mais moderno ainda tem um preço bastante salgado para os microempresários, no momento apenas grandes empresas estão fazendo a transição das mesmas.

O aumento dos empregos para nível superior

Ao mesmo tempo que os empregos no setor confeccionista sofrem baixas, um bom número de empregos para nível superior tem surgido em Santa Cruz do Capibaribe, a explicação para este fenômeno pode ser bem simples, a preocupação das empresas em pessoal qualificado e o crescimento de cargos por formação definem a nova cara da terra que leva a confecção como sua maior fonte de renda.

Por tanto, deixamos uma alerta para aqueles que estão a procura de emprego e que nessa busca resolveram recorrer a Santa Cruz do Capibaribe, a especialização é indispensável.

Resumo do Legislativo Santa-cruzense (31/03/15)

Na tarde desta terça-feira (31), foi realizada a 8ª Reunião Ordinária do ano de 2015, na ocasião, projetos foram discutidos entre os vereadores, além do uso da tribuna que você confere abaixo, a ordem dos discursos se deu por meio de sorteio.

Afrânio Marques (PDT) – 1º vereador a discursar
O vereador Afrânio Marques deu início ao seu discurso falando sobre a sua visita que fez a Escola Lindolfo Pereira, onde levou a discussão sobre cidadania, onde teve um encontro muito agradável com os alunos. Falou também sobre o encontro com os alunos da Escola Santo Antônio, onde ele relatou que ficou feliz por os alunos daquela instituição estudarem sobre a história de Santa Cruz do Capibaribe. 
“Eu fiquei um pouco triste, porque os alunos precisaram fazer um trabalho sobre a nossa bandeira e eles tiveram dificuldade em encontrar maiores informações sobre a bandeira de Santa Cruz do Capibaribe. Quem fez o desenho, o porquê da escolha das cores, o brasão, enfim. Lembro que é preciso corrigir uma injustiça, porque na época de institucionalizar a nossa bandeira, foi feito um concurso e quem venceu foi Dona Ester de Evaristo e Domingos de Roga”, finalizou o professor Afrânio Marques.
Carlinhos da Cohab (PSL) – 2º vereador a discursar
O vereador Carlinhos da Cohab falou sobre a entrada do vereador Junior Gomes na Secretaria de Serviços Públicos que tem agido de forma arbitrária, onde segundo o vereador, os fiscais da referida Secretaria, liderados pelo fiscal Mário Melo, chegaram no Bairro Dona Lica II, chegaram de madrugada e derrubaram algumas casas, que de acordo com ele, são casas de correligionários taboquinhas. 
“O pau que dá em Francisco tem que dar em chico também. Temos que parar com essa história de perseguição. Enquanto esses funcionários se ocupam a derrubar essas casas de madrugada, a cidade está cheia de buracos em vários bairros. A secretaria deveria avisar e não chegar feito bandidos derrubando a casa do povo”, denunciou o vereador e continuou seu discurso dizendo que os mototaxistas da cidade estão praticamente abandonados, sem nenhuma voz que fale por eles.
Zé Minhoca (PSDB) – 3º vereador a discursar
O vereador falou sobre a sua ida a Brasília, onde conseguiu recursos importantes para a cidade de Santa Cruz do Capibaribe, onde falou sobre o trabalho do Deputado Federal, Bruno Araújo, pela implantação da internet sem fio e gratuita para a população de Santa Cruz do Capibaribe. 
“Com fé em Deus, graças a esse trabalho, a gente vai comemorar mais uma conquista para o nosso povo”, disse o vereador que concluiu o seu discurso relatando o descontentamento por grande parte dos parlamentares federais em relação ao governo Dilma. 
Zé Minhoca falou sobre a sua cobrança aos Correios, diretamente em Brasília, para que se corrija os nomes e colocação do CEP corretamente nas ruas da cidade. O vereador demonstrou apoio aos cegonheiros de Pernambuco, que devem ter preferência no transporte dos veículos fabricados pela Fiat, em Pernambuco.

Galego de Mourinha (PTB) – 4º vereador a discursar
O discurso de Galego de Mourinha foi pautado em críticas ao prefeito Edson Vieira, onde de acordo com o parlamentar, os problemas da cidade estão se alargando de uma forma que o prefeito quer tomar a frente de tudo e que não tem tido condições resolver tudo. Galego falou sem seu discurso que é preciso que sejam desmontados os palanques, para que o trabalho em prol de Santa Cruz do Capibaribe. 
“É importante que nós desmontemos o palanque e busquemos trabalhar em conjunto para a nossa cidade continuar crescendo”, concluiu o vereador.
Ronaldo Pacas (PSDC) – 5º vereador a discursar
Ronaldo Pacas deu ênfase a uma visita que fez ao Secretário de Serviços Públicos, Junior Gomes, onde teve a oportunidade de visitar alguns bairros do município. 
“Apesar do Poder Público está fazendo o seu trabalho, a gente observou uma certa falta de respeito por parte da população, onde eu e o secretário observamos que algumas pessoas têm jogado pedra dentro dos canos”, atitude a qual o vereador repudiou na tribuna. 
Ronaldo discursou ainda acerca da visita a Escola Técnica, onde Comissão de Obras da Câmara de Vereadores pôde ver que a obra não está concluída, mas que resta em média 5% para conclusão da obra.

Vânio Vieira (PSDB) – 6º vereador a discursar
Vânio deu início ao seu discurso falando sobre a sua atuação quando faz denúncias sobre corrupção e que tem incomodado alguns vereadores. Vânio se dirigiu ao vereador Luciano Bezerra, onde indagou aos vereadores da bancada da situação, sobre uma reunião que tiveram no CRAS, onde o prefeito fez uma proposta para cada um dos vereadores, pertinentes ao conjunto habitacional na cidade. O vereador questionou Luciano Bezerra, acusando-o de covarde.

Zezin Buxin (PSDB) – 7º vereador a discursar
Zezin Buxin falou em seu discurso sobre a importância de se unir e buscar coisas boas para a cidade. 
“É importante que desmontemos os palanques para irmos a Recife e buscar recursos para a nossa cidade. Já fomos todos juntos e rendeu muitos frutos e é para isso que estamos aqui”. 
O vereador falou sobre as casas que foram derrubadas, e que não iria se prolongar porque não tem conhecimento sobre o assunto, mas que é preciso que as pessoas tomem consciência para não invadir terrenos.
 “Eu já fui procurado por pessoas que buscaram apoio para invadir e eu não apoio”.
Zezin concluiu seu discurso dizendo ao vereador Vânio Vieira, dizendo que ele deve resumir seu discurso em uma única frase: ‘Eu sou o único que presta’.
Dida de Nan (PSDB) – 8º vereador a discursar
O vereador Dida de Nan fez um discurso, onde enfatizou a importância do esporte da Zona Rural de Santa Cruz do Capibaribe, relatando os investimentos feitos pela administração pública na zona rural da cidade. Dida de Nan falou ainda sobre a visita do prefeito Edson Vieira, a Vila de Poço Fundo e na Vila da Magana, onde foi inaugurado o vestiário, que de acordo com o parlamentar, ficou muito bonito, fazendo jus ao valor destas comunidades, nas quais o vereador faz questão de estar sempre em contato e visitando.

Luciano Bezerra (PR) – 9º vereador a discursar
“Na semana passada eu falava sobre não conseguir falar para a população de Santa Cruz do Capibaribe, devido a necessidade de rebater críticas ao vereador Vânio Vieira. E hoje, mais uma vez precisarei rebater essas acusações do vereador, porque na semana passada, Vânio fez uma crítica a mim e se retirou do plenário, foi quando eu o chamei de volta, disse que ele não fosse covarde, pois se ele fez uma crítica, nada mais justo do que ficar e ouvir a resposta”, foi neste tom que o vereador Luciano Bezerra rebateu mais uma vez as críticas do vereador Vânio Vieira. 
Luciano Bezerra fez um discurso caloroso, demonstrou insatisfação nos mais variados discursos de Vânio Vieira. 
“É preciso darmos um basta nas atitudes do vereador Vânio Vieira que fazer desta tribuna, um picadeiro. Nós temos homens e mulheres de bem nesta casa e não podemos deixar que isso não tenha continuidade. Estou dizendo isso para uma reflexão, porque se não dermos um basta nisso iremos partir para acusações pessoais e quem perde é a nossa população”, concluiu o vereador.
Pipoca (PMN) – 10º vereador a discursar
O vereador Pipoca fez um discurso voltado para o trabalho desenvolvido pela Administração Municipal, frente a questão da merenda que está sendo servida nas escolas municipais. O vereador deu continuidade ao seu discurso falando sobre as ações que estão sendo elaboradas pela Associação dos Mototaxistas, assim como também sobre o trabalho feito por ele enquanto vereador, que tem vários projetos voltados para esta classe trabalhista. 
“O que eu quero dizer é que não se deve falar em merenda hoje, se antes não existia merenda. A merenda existe e hoje tem muita qualidade”, finalizou o vereador Pipoca.
Fernando Aragão (PROS) – 11º vereador a discursar
Fernando Aragão falou da falha que o vereador Pipoca comete em seus discursos, quando generaliza o seu discurso frente a tais questões. 
Fernando falou sobre o que foi prometido em campanha e emendou seu discurso dizendo que “o grupo que está no poder precisa dar uma resposta concreta a população porque o povo não é besta e já tem muita gente dizendo que a chance acabou”. 
O vereador Fernando deu continuidade ao seu discurso relatando a relevância de Santa Cruz do Capibaribe e que as pessoas não estão dando a devida importância que a cidade tem. 
“Nós estivemos na semana passada em Triunfo, no Congresso da UVP e vi uma grande movimentação em prol da mudança e quando se fala em renovação, não é de gente nova, mas de pessoas que cumpram ao menos o que foi prometido em campanha”, disse o vereador. 
Fernando finalizou seu discurso falando que é preciso uma necessidade imensa de que todos se deem as mãos para que a PE-160 e a BR-104 saia do papel.

Zé Elias (PTB) – 12º vereador a discursar
O vereador Zé Elias enfatizou o discurso do colega de bancada Galego de Mourinha, quando disse que é preciso se desmontar o palanque para trabalhar em prol da população. 
“Neste momento eu vou cobrar, porque precisamos combater as muriçocas, porque tem se agravado a situação”. 
O vereador agradeceu ao secretário de Serviços Públicos, Júnior Gomes, pelo mesmo ter atendido seu pedido e concluído alguns trabalhos solicitados pelo parlamentar. Zé Elias concluiu seu discurso parabenizando ao trabalho desenvolvido pelo Poder Público Municipal.

Deomedes Brito (PT) – 13º vereador a discursar
O vereador Deomedes Brito relembrou o tempo da Ditadura Militar e lamentou a retirada do vereador Carlinhos da Cohab, quando o mesmo foi convidado a se retirar do Plenário por ter se infringido o Regimento Interno. Deomedes relatou que o esporte não tem tido o apoio do Poder Público, lamentando o fato de o filho de Aroldo ter vencido um campeonato em Caruaru e não ter recebido nenhum apoio. O vereador emendou seu discurso, fazendo um apelo para o aumento dos professores, em cima dos 13,1%, e que o mesmo vai continuar cobrando. Deomedes falou ainda sobre o presidente da associação dos mototaxistas, que o mesmo não tem cobrado mais da prefeitura.
“Ele tem que entender que ele é presidente de uma associação de profissionais e não de partido políticos”.
Ernesto Maia (PSL) – 14º vereador a discursar
Ernesto Maia falou sobre os 51 anos da Ditadura Militar, e lamentou pelo o presidente da Câmara, Professor Afrânio Marques, ter retirado o vereador Carlinhos da Cohab da Plenária, se solidarizando com o seu colega de bancada. Ernesto deu continuidade ao seu discurso falando sobre a questão dos professores, e que a classe está sendo convocada para o prefeito apresentar uma nova proposta aos professores. Ernesto finalizou seu discurso falando sobre o discurso do vereador Vânio Vieira, onde ele teria dito que o prefeito fez uma proposta aos vereadores em uma determinada reunião no CRAS. 
“Eu quero saber qual foi a proposta”, indagou o vereador Ernesto Maia.
Informações da assessoria
Fotos: Bruno Muniz

Governo autoriza obras de ampliação de barragens do Agreste

Imagem ilustrativa
A notícia anima os habitantes do agreste pernambucano, o governo Paulo Câmara (PSB) acaba de autorizar a ampliação de algumas barragens concentradas no agreste, que contemplaram diretamente os municípios de Santa Maria do Cambucá e Vertentes.

O objetivo principal da ampliação das barragens é levar água potável para os moradores das zonas rurais destas regiões.

Não foi informado os prazos para início e conclusões das obras.

Pernambuco não pode dar aumento para professores porque ultrapassou limite de gastos, diz secretário

O reajuste de 13,01% que o Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Pernambuco (Sintepe) pede para todos os professores da rede estadual não pode ser concedido porque o Governo do Estado ultrapassou o limite prudencial de gastos com pessoal, informa o secretário estadual de Administração, Milton Coelho (PSB), após uma reunião de mais de seis horas, nessa segunda-feira (30), que marcou a terceira rodada de negociação com a categoria.
“Nesse momento o Governo não pode assumir um compromisso, pois ele vai além de sua capacidade fiscal, não só pela crise econômica, mas, principalmente, pelo comprometimento das despesas de pessoal que já ultrapassam 46% da receita corrente líquida, o que poderá trazer graves consequências para Pernambuco”, afirmou Milton Coelho.
O colunista do JC, Fernando Castilho, informa que em fevereiro a folha de pessoal do Estado atingiu 47,14% da Receita Corrente Líquida (RCL). O limite prudencial determinado pela Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) é de 46,55%.

De acordo com a Secretaria de Administração, a negociação dessa segunda chegou a avançar, mas depois o Sintepe voltou a defender a proposta de 13,01% para toda a categoria. O governo quer reajustar os salários que estão abaixo do piso nacional e discutir o aumento salarial após uma avaliação do cenário econômico realizada após o fechamento do primeiro quadrimestre fiscal. A data-base dos servidores estaduais é em junho.
“Poderíamos ter avançado mais e já fechado pontos importantes para a categoria, bem como não prejudicar os alunos das Escolas Públicas Estaduais e suas famílias, assegurando as aulas sem interrupções. Mas o Sintepe se manteve irredutível”, lamenta Milton Coelho.
Do: Notícias PE

Pernambuco é referência no cultivo de palma sem irrigação

Imagem ilustrativa.
O Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA) está sendo um importante parceiro do Ceará e do Rio Grande do Norte, devido à experiência no cultivo de palma. Isso porque os dois estados estão investindo na pecuária leiteira, mas a baixa altitude não permite que o cultivo seja feito durante o ano todo, sem irrigação complementar.

Já Pernambuco, ao lado de Alagoas, é referência no Nordeste para a produção de palma. “O nosso cultivo pode ser com ou sem irrigação complementar por conta da altitude. A nossa noite é mais fria e a planta perde menos água. Essa é uma cultura tradicional em Pernambuco, temos muitas áreas de cultivo, não dependemos da micropropagação de mudas”, explicou o pesquisador do IPA, Djalma Cordeiro, que visitou os dois estados juntamente com mais dois pesquisadores do Instituto, Sérvulo Siqueira e José Nunes.

As informações são do Governo do Estado.

Caso seja convidado para concorrer como vice prefeito pela situação, vereador Zezin Buxin não recusará, palavras do mesmo

Foto: Bruno Muniz/Arquivo
Quem escutou ao programa de rádio ''Falando de Política'' nesta terça-feira (31), onde na ocasião o entrevistado foi o vereador Zezin Buxin (PSDB), não pode deixar de notar nas declarações do político, quando questionado sobre se aceitaria um convite para ser vice-prefeito de Edson Vieira (PSDB) nas eleições do próximo ano, o mesmo demonstrou com sua resposta que não correria atrás, porém caso o convite fosse mesmo feito, não recusaria.

No ano de 2012, ano em que Edson foi eleito prefeito do município, houve um convite para o vereador Zezin, para que ele fosse o vice de Edson, convite esse que foi negado pelo vereador que disse não se sentir preparado naquela ocasião.

Cabe agora, saber se o prefeito refaria um novo convite para o vereador, e do que um novo convite dependeria, já que muitos estão sendo cogitados para concorrer ao cargo.

Jataúba: Terceiro homicídio do ano é registrado no município, o segundo em menos de 24h

Imagens: Leitor via Whatsapp
A onda de violência que paira por sob o município de Jataúba fez mais uma vítima. Márcio Manoel de Souza, de 48 anos, popularmente conhecido como ''Manoel Basílio'' foi encontrado sem vida no interior de uma residência no Sítio Praquió, o local é pertencente a zona rural do município jataubense.


De acordo com informações de populares, Márcio saiu de casa no último sábado (28), com o intuito de beber com amigos, e desde então não voltou mais para casa.

Preocupada com o desaparecimento do filho, sua genitora teria se dirigido até o sítio para procura-lo, ao chegar no local se deparou com o mesmo deitado em um colchão, e constatou que já estava morto.

Acionada, a policia constatou que Márcio pode ter sido assassinado na madrugada do sábado para o domingo (29), e eis o fato mais perturbador, uma cadeira encontrada quebrada no local teria sido a arma usada para matar o mesmo.

A policia investiga o caso.

Creche de Pão de Açúcar: Nota não esclarece e aponta para irregularidades

Foto: Edson Arruda
Repercussão: No início da semana repercutiu em  todo o estado, matéria produzida pelo Radialista e Comunicador Alberes Xavier, sobre o suposto abandono das obras na  creche no distrito de Pão de Açúcar, pela administração de Taquaritinga do Norte.

Nota: A assessoria de imprensa do município, publicou uma nota para esclarecer os fatos que foram divulgados. Porém, a nota que deveria trazer informações e esclarecimentos, não atendeu a todas as expectativas e ainda apontou irregularidades da administração.

Estranho: A nota diz que a empresa T & S ENGENHARIA LTDA-ME contratada inicialmente abandonou o serviço depois de receber os valores, e isso fez com que a prefeitura reincidisse seu contrato, no entanto a nota faz a defesa da empresa, quando diz que os valores liberados tiveram um intervalo de oito meses. E que os “supostos” prejuízos causados a empresa não estavam sendo comunicados ao município.

5 - Em 19/04/2012 a Prefeitura deu ordem de serviço à empresa para iniciar a execução da obra, conseqüentemente houve mais uma liberação de recurso em 27/05/2012, na ordem de R$ 397.368,65, é as demais liberações só ocorreram em 11/01/2013 no valor de R$ 331.140,54 e em 04/03/2014 no valor de R$ 331.140,54.
- ''Como pode ser observado os repasses efetuados pelo FNDE variavam em média de oito meses, ocasionado prejuízos na evolução da obra, acarretando entre outros problemas insanáveis a desatualização  dos preços licitados em 2012, culminado com o abandono da obra por parte da empresa contratada  fato este sem a devida comunicação á administração municipal.”
Essa declaração no entanto, somente revela a falta de fiscalização e de abandono que a administração dedicou a essa obra desde o início.

Equívoco:Na nota ainda diz que a empresa vencedora da nova licitação foi a ARRAIAL CONSTRUÇÕES DE EDIFÍCIOS LTDA – ME/CNPJ: 241275570001/56:
“3 - Em 22/01/2015, observando a premente urgência de retomada da obra em tela, mediante autorização do Chefe do Poder Executivo, a Comissão Permanente de Licitação, procedeu à abertura do certame licitatório (anexo), para  complementação da obra da escola ora citada, que realizou-se em 10/02/2015, e teve como vencedora a empresa ARRAIAL CONSTRUÇÕES DE EDIFÍCIOS LTDA – ME/CNPJ: 241275570001/56, conforme homologação constante do Processo Licitatório Nº 004/2015, Tomada de Preços Nº 001/2015, no valor de R$ 607.898,14. A qual recebeu Ordem de Serviço em 23/02/2015 (anexo), para o reinicio da execução da obra. É oportuno esclarecer que, superados os entraves e cumpridas às exigências legais,teremos o prosseguimento da obra.” 

Representantes de entidades e associações de Santa Cruz do Capibaribe se encontram com o presidente da Câmara de Vereadores


O presidente da Câmara de Vereadores de Santa Cruz do Capibaribe, Professor Afrânio Marques, esteve reunido com representantes da sociedade civil organizada, com o objetivo de ter uma proximidade maior com a população, uma vez que os vereadores são os parlamentares mais próximos do povo e precisam estar em constante contato com a sociedade, para entender melhor os seus anseios e propor políticas públicas em prol das pessoas.


O presidente Afrânio Marques, relatou que o encontro foi de suma importância. “Quando a gente tem compromisso com as pessoas, automaticamente a gente passa a ouvir e entender melhor as demandas sociais e fica mais fácil propor projetos que contemplem políticas públicas de qualidade para a nossa população”, disse o presidente.
Participaram da reunião todos os segmentos de entidades que representam a sociedade, como Moda Center, CDL, ASCAP, Sindicatos, Grupos Religiosos e diversas associações com sede e atuação em Santa Cruz do Capibaribe. Durante o evento, diversos participantes fizeram uso da palavra, enfatizando a importância da realização e manutenção do evento. Todos aprovaram o encontro!

Informações da assessoria

Segunda Opinião: Nada melhor do que ser vice

Nossa cidade ainda tem vice-prefeito? Meio confuso saber que um cidadão que foi eleito na chapa do prefeito, com o objetivo de auxiliar o mesmo e também substituir o chefe do executivo, no caso dele precisar se ausentar do estado ou precisar se licenciar. Porém o Sr. Dimas Dantas (PP), que aceitou ser o vice de Edson (PSDB) de livre e espontânea vontade. Fez campanha visitou casas e o comércio de nossa cidade, pedindo voto para a chapa Edson-Dimas. O vice Dimas Dantas chegou até repetir várias vezes em seu discurso, que “se Edson não for um bom prefeito, desistiria da vida pública”.

Porém, pela aprovação do governo e pelo trabalho que vem desenvolvendo, não podemos dizer que Edson está fazendo um mau governo. Então, quem está errado? Pois já faz mais de um ano que o vice rompeu com o prefeito e até o momento não cumpriu sua palavra de deixar a vida pública. Nem tão pouco, deu uma justificativa para o eleitorado que o elegeu com a finalidade de colaborar com o prefeito.

Nossa cidade não é um caso isolado, pois acontecem muito desses rachas entre prefeito e vice. E neste caso quem paga é o povo. No caso de Santa Cruz, o vice Dimas Dantas não aceitou as limitações de seu cargo, de ser subordinado ao Chefe do Executivo. Pelas informações que temos é que Dimas queria um espaço próprio na prefeitura, tanto que exigiu de Edson, a Secretaria de Educação. Porém foi um cargo só para o vice chamar de seu e satisfazer seu ego e não ser apenas um vice, que só tem função na ausência do titular. O mesmo não foi bem visto pela categoria, por não ser professor e não ter conhecimento sobre a educação.

O difícil é entender que uma pessoa com um discurso ético, moralista  e defensor do dinheiro público, aceite receber um gordo salário de vice-prefeito, sem de fato está desempenhando este papel. Então não seria o caso do vice prefeito seguir o conselho de Cid Gomes e largar o osso, renunciando ao cargo?

Por isso e muito mais, que é vantajoso ser vice. Seja vice-prefeito, vice-governado, vice-presidente, etc. Pois, se tudo vai bem, os méritos são de todos, mas se acontece algo errado a culpa e só do titular. Temos o grande exemplo do caso do governo federal. O PMDB ocupa a vaga de vice-presidente, presidente do senado e da câmara, mas a culpa da situação da crise é apenas de Dilma, os demais tiram o corpo fora. Nada contra o Excelentíssimo vice-prefeito, só lembrando que ele deve uma explicação a sociedade que o elegeu para contribuir com a administração de Edson Vieira. Neste sentido, a escolha de um vice deve ser não apenas para ganhar uma eleição, mas sim àquele que vá realmente ajudar a governar. 

Marciel Aquino

Santa Cruz: Morre viúva de Dedé sanfoneiro

Foto: Gilberto Geraldo
Uma notícia pegou os santa-cruzenses de surpresa nesta segunda-feira (30), Inácia Josineide da Silva, conhecida popularmente como Neidinha cantora, faleceu vítima de um câncer no pâncreas, doença na qual lutava a pouco mais de quatro meses.

A cantora, viúva do conhecidíssimo Dedé Sanfoneiro, que também já faleceu em decorrência de um acidente automobilístico no ano de 2001. Na ocasião Neidinha também estava no veículo no momento do acidente, juntamente com outros dois músicos que também saíram com vida.

Brasília: Vereador Zé Minhoca garante que internet grátis será implantada em Santa Cruz nos próximos 60 dias

Deputado Federal Bruno Araújo (PSDB), vereador José Bezerra da Costa (Zé Minhoca - PSDB) - Foto Divulgação.
Em uma publicação feita no último final de semana, o vereador santa-cruzense Zé Minhoca (PSDB) explicou sua ausência da 'capital da moda', afirmando estaria em atividades na capital brasileira, afim de obter novos recursos para o município santa-cruzense.

De acordo com o vereador, a internet prometida em várias ocasiões será implantada já nos próximos 60 dias, ainda segundo o mesmo, o acréscimo no prazo seria por um bom motivo, onde mais verbas foram solicitadas para contemplar todo o município.

Blogueiros de Pernambuco mostram força no 3º encontro

Aconteceu nos dias 27, 28 e na manha do dia 29, na Faculdade AESO, na cidade histórica de Olinda, o 3ª encontro dos Blogueiros de Pernambuco – 3º AbloggerPE, que reúne jornalistas, blogueiros e publicitários, bem como, estudantes da área de jornalismo e informática, ainda os interessados no mundo da blogosfera. Logo no primeiro dia do evento estiveram presentes autoridades da administração municipal de Olinda e também da cidade de Jaboatão dos Guararapes, AESO, Legião da Boa Vontade (LBV), Legião da Boa Vontade (LBV), União dos Estudantes (UNE), Central Única dos Estudantes (CUT), entre outras.
Na oportunidade foi debatido o tema “Democratizar é preciso – tratando especialmente da regulação econômica da mídia”, como palestrante com o jornalista Altamiro Borges, do Instituto Barão de Itararé, com mediação do presidente da Associação dos Blogs de Pernambuco (AblogPE), Lissandro Nascimento, e Buda, do Instituto Barão de Itararé.

Altamiro falou sobre a importância das mídias sociais, que estão regionalizando a informação, tornando a comunicação cada vez mais próxima da comunidade, criticou o monopólio da grande mídia, que se concentra nas mãos de sete famílias, e defendeu a regulação econômica midiática. Em seguida foi concedida a palavra para os participantes da conferência, o que resultou num acalorado debate. O encontro continua hoje, com atividades durante todo o dia.

Do: Notícias PE

Será?: Arnaldo Xavier teria recebido convite para ser candidato a prefeito pelo grupo oposicionista, diz blog

Empresário Arnaldo Xavier - Imagem divulgação Rota do Mar
Uma notícia publicada nesta segunda-feira (30) no Blog Merece Destaque chamou a atenção do eleitorado santa-cruzense. de acordo com a publicada no meio de comunicação, o empresário Arnaldo Xavier, proprietário da empresa Rota do Mar e figura conhecidíssima no município, teria recebido um convite para ser o candidato a prefeito pelo grupo de oposição.

É visível que os denominados ''taboquinhas'' estão engajados em aliciar um nome de peso para enfrentar o atual prefeito Edson Vieira (PSDB), caso essa proposta tenha sido real, aparenta uma proposta tipo ''roleta Russa'', ou seja ''melhor tentar do que não tentar, e se colar, colou''.

Sim, porque há pouco mais de dois anos atrás, Arnaldo não apenas declarou apoio ao prefeito Edson, hoje eleito, como também subiu ao palanque do mesmo para ajuda-lo em sua campanha. Bom acrescentar também que o apoio de Arnaldo para com Edson teve grande importância em sua campanha, tenha sido com presença de imagem ou injeção financeira.

Ainda de acordo com informações, o convite para Arnaldo teria partido do ex-prefeito Toinho do Pará (PHS). A probabilidade do convite ser aceito é impensável, mas como sempre deixamos bem claro aqui, na política tudo é possível.

Apesar do empresário ainda não ter se pronunciado sobre a possível proposta, uma coisa fica bem clara, primeiro um médico, depois um radialista e agora um empresário, o grupo oposicionista está mesmo em temporada de caça.


Bruno Muniz

Com público fiel de sempre, 'Reunião entre Amigos' retoma atividades

Na tarde deste domingo (29), o evento denominado de ''Reunião entre Amigos'' voltou a suas atividades, com muita música e novos talentos a reunião agradou a quem foi prestigiar.
Com início sempre às 15h, o evento que é realizado costumeiramente no Parque Florestal Municipal de Santa Cruz do Capibaribe atraiu um público bastante expressivo, entre crianças, jovens e adultos. Uma das características da REA é justamente essa, o seu público que desde as primeiras edições vem sendo bem diversificado.
Mais uma vez a organização surpreendeu o púbico com novas caras, entre bandas e solistas instrumentais foi possível ver que o talento em Santa Cruz do Capibaribe parece mesmo ser infinito, pois sempre tem se renovado.
Ainda dentro do nosso assunto público, o que se entende na fiel platéia que não abandona os eventos da REA é a tranquilidade e paz que se transcorre toda a festa, festa literalmente poi o motivo sempre é de comemoração.

A falta de opções para os santa-cruzenses aos finais de semana ainda são é algo muito visível e indiscutível. Em tese, aqueles que não preferem os bares ou até mesmo saírem do município para buscar atividades fora da cidade, procuram algo para passar do tempo. O evento surge também com esse objetivo, dar opção para o público da mesma forma que se dá oportunidade para os novos músicos.

Assim como foi em todas as edições anteriores, o público infantil é bastante extenso, prova da confiança dos pais em ir com os menores para prestigiar as apresentações, que em sua maior parte preza por estilos musicais mais pesados, como por exemplo o rock.

Chega-se a uma conclusão que além da opção de música oferecida de forma gratuita, o evento é também cultural e promove o lazer entre as famílias.

Diversos artistas se apresentaram nesta edição, entre eles músicos e bandas já renomados, como a banda Kamono e a cantora Paula Voices que fez um tributo a Rita Lee, cantando os maiores clássicos da cantora brasileira.
Com tudo, as próxima edições da ''Reunião entre Amigos'' em 2015 prometem. Os tributos, as revelações te talentos pretendem continuar de acordo com a organização que tem a frente o músico local, Paulo Roberto.


Matéria - Bruno Muniz
Fotos: Palloma Santana e Mayhara Nadine